Meça o pescoço do seu cão aqui para descobrir qual o tamanho correcto de Canny Collar

Escolher o tamanho adequado da Canny Collar

Para se certificar de que o seu Canny Collar tem o tamanho adequado e para conseguir passeios seguros e eficazes com o seu cão, use uma fita métrica e tire a medida à volta do pescoço do cão, bem junto à pele, mesmo atrás das orelhas:

    Clique para comprar o tamanho 1

 Clique para comprar o tamanho 2

 Clique para comprar o tamanho 3

 Clique para comprar o tamanho 4

 Clique para comprar o tamanho 5

 Clique para comprar o tamanho 6

 Clique para comprar o tamanho 7

 Clique para comprar o Canny Colossus

Colocar o Canny Collar

Como ajustar o Canny Collar passo 1     Como ajustar o Canny Collar passo 2     Como ajustar o Canny Collar passo 3     Como ajustar o Canny Collar passo 4

Passo 1

Apertar o Canny Collar à volta do pescoço do cão, certificando-se de que a fivela fica posicionada mesmo atrás das orelhas, na parte de trás. Dobrar a coleira em excesso e enfiá-la debaixo do rebordo da fivela. O Canny Collar deve ser colocado mais acima no pescoço do que uma coleira convencional, conforme ilustrado.

   

Passo 2

É essencial apertar bem qualquer coleira de treino para cães para garantir que a mesma não consegue sair durante o passeio. Teste o Canny Collar tentando puxá-lo para fora da cabeça do cão, mantendo-se de frente para ele. Se estiver corretamente apertado, não deverá conseguir retirá-lo.

   

Passo 3

Puxe cada extremidade da faixa corrediça atrás da cabeça do cão e prenda a sua trela a ambas as argolas “D” de cada extremidade.

   

Passo 4

Puxar a faixa corrediça pela pequena guia de plástico amarela, na parte frontal do Canny Collar e coloque-a sobre o focinho do cão. Com algumas raças poderá ser mais fácil executar este passo antes de prender a trela. Tenha o cuidado de não torcer a faixa corrediça antes de colocá-la sobre o focinho do cão.

 Como ajustar o Canny Collar passo 5      Como ajustar o Canny Collar passo 6      Como ajustar o Canny Collar passo 7      Como ajustar o Canny Collar passo 8

Passo 5

Certifique-se de que a guia de plástico fica debaixo do queixo do cão. É absolutamente essencial, caso contrário, o Canny Collar não funcionará corretamente.

   

Passo 6

Está agora pronto para passear o seu cão.

   

Passo 7

Enquanto passeia o cão, deve manter a trela curta mas solta, de modo a poder controlá-lo rápida e facilmente. Não é recomendado o uso de uma trela extensível ou de outro equipamento de treino de cães semelhante juntamente com o Canny Collar, uma vez que a faixa corrediça poderá não se manter corretamente posicionada no focinho do seu cão.

   

Passo 8

Quando o cão começa a puxar pela trela, aplicar uma ligeira pressão para trás. A pressão é instantaneamente libertada assim que ele deixa de puxar. Este sistema de pressão e libertação é a chave para o uso adequado do Canny Collar, pois o cão aprende sozinho a deixar de puxar. Num curto espaço de tempo, passear o seu cão tornar-se-á novamente um prazer à medida que começa a andar feliz ao seu lado, com a trela solta.

 Como ajustar o Canny Collar passo 9      Como ajustar o Canny Collar passo 10      Como ajustar o Canny Collar passo 11      Como ajustar o Canny Collar passo 12

Passo 9

Alguns cães poderão resistir na primeira vez que lhes for colocada a faixa corrediça sobre o focinho e tentar retirá-la com a pata. Tem de continuar a caminhar e manter a cabeça do cão erguida elevando a trela. O Canny Collar pode ser utilizado juntamente com métodos de reforço positivo do treino, como por exemplo o treino com clicker ou treino baseado em recompensas para ajudar os cães mais difíceis a aceitarem a coleira mais rapidamente.

   

Passo 10

Libertar instantaneamente a pressão no Canny Collar baixando a trela quando o cão deixa de resistir. Depois de ultrapassada a resistência inicial, libertar a pressão por completo. Continue a caminhar elogiando-o e em seguida pare para o elogiar bastante.

   

Passo 11

Quando retira a coleira ao cão, pode manter o Canny Collar removendo a faixa corrediça do seu focinho e retirando-a completamente para fora. Cruze a faixa corrediça atrás da sua cabeça e deixe-a cair para cada lado da sua cabeça, conforme demonstrado.

   

Passo 12

Junte as argolas D debaixo do seu pescoço e use um ou dois mosquetões opcionais para manter as argolas D fixas.

 

 

 

Utilzar o Canny Collar

Passeio

Como passear o seu cão com um Canny CollarColoque o Canny Collar e vá passear imediatamente. Mantenha a trela curta mas solta quando passeia e tente que o seu cão fique na posição de “seguir sempre ao lado do dono”. A utilização de uma trela de treino curta tornará este processo mais fácil. Elogie-o bastante oralmente quando começa a passear corretamente. 

Quando colocar a faixa corrediça sobre o focinho do cão pela primeira vez, este poderá resistir e tentar tirá-la. Qualquer coleira de treino terá este efeito em alguns cães. A sensação é muito semelhante à de um relógio que usamos pela primeira vez - alguns cães simplesmente não estão habituados. Deve continuar a caminhar para que o seu cão se concentre no passeio e não no Canny Collar, elevando a coleira quando ele tenta retirá-la com a pata e incentivando-o em voz alta a segui-lo.

Quando o seu cão começa a caminhar, baixe a trela para libertar a pressão no Canny Collar (nesta altura, também lhe deve dar um pouco mais de trela) e elogiá-lo bastante em voz alta enquanto continua a caminhar. O cão precisa de saber que, em dada altura durante o passeio, a pressão será libertada, caso contrário, poderá simplesmente continuar a puxar para se livrar dela. 

Repita esta ação se ele tentar novamente retirar o Canny Collar. Uma vez que a trela está presa na parte de trás da sua cabeça, ele não conseguirá colocar a pata sobre a mesma e parar o passeio. Também não conseguirá retirar o Canny Collar do focinho se a trela se mantiver na posição correta. Por vezes, poderá ter de soltar um pouco mais de trela se o cão ficar atrás de si, recolhendo-a novamente assim que ele o apanhar. 

Assim que o cão não oferecer mais resistência ao Canny Collar, continue a passeá-lo numa curta distância e em seguida, pare para o elogiar bastante.

Use o treino por recompensas ou com clicker se o seu cão tiver uma resposta positiva aos mesmos para o ajudar a habituar-se ao Canny Collar.

 

Porque é diferente?

O Canny Collar é uma coleira de treino de cãesEm primeiro lugar, o Canny Collar aperta-se atrás da cabeça e não debaixo do queixo. A vantagem imediata deste sistema é o facto de a cabeça do cão não ser puxada de um lado nem a coleira deslizar até aos olhos. Quando se encontra posicionado debaixo de um animal (como por exemplo um cavalo), faz sentido colocar-lhe a partir da zona abaixo do queixo. No entanto, o cavaleiro controla o cavalo por trás, o que faz mais sentido se estivermos por cima do animal. É por este motivo que o Canny Collar é único entre as coleiras de treino de cães. Em segundo lugar, o Canny Collar é uma coleira de treino de cães, e não uma coleira de retenção. Pode transformar-se rápida e facilmente numa coleira e trela para cães normal, colocando e retirando alternativamente a faixa corrediça do focinho do cão. Ao proceder deste modo, pode utilizar o Canny Collar como uma «trela de treino para cães», acabando por ensinar o seu cão a caminhar com uma coleira plana convencional. 

E se.....?

A faixa corrediça sai do focinho do meu cão – o que posso fazer?

O motivo mais comum para tal acontecer é o facto de a guia de plástico amarelo na faixa corrediça do Canny Collar não estar posicionada debaixo do pescoço do cão. Certifique-se de que puxou a faixa corrediça pela guia e de que não se encontra uma peça de plástico amarelo na parte lateral do focinho do cão (ou no topo da sua cabeça!).

Outra razão provável é o facto de estar a passear com uma trela demasiado comprida. A trela deve ser mantida curta, mas solta. Não é recomendado o uso de uma trela extensível ou de outro equipamento de treino para cães semelhante juntamente com o Canny Collar.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O meu cão não quer passear – o que posso fazer?

O Canny Collar pode ser utilizado juntamente com métodos de reforço de treino positivos, como por exemplo o treino com clicker ou o treino baseado em recompensas, que ajudarão a chamar a atenção do cão e a incentivá-lo a passear. Ao moderar as suas expectativas e elogiar oralmente e/ou dar recompensas sob a forma de comida, o cão sentir-se-á mais entusiasmado e começará a passear com o Canny Collar. 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O Canny Collar é adequado para raças de focinho curto, como Boxers e Pugs?

Recebemos muitos feedbacks positivos por parte de donos de Boxers que ficaram muito satisfeitos por terem encontrado um equipamento de treino para cães que podem finalmente utilizar para passear o cão. Uma vez que o ajuste depende do tamanho do pescoço, significa simplesmente que sobra um pouco menos de faixa corrediça atrás da cabeça de um Boxer do que acontece com outras raças, mas o ajuste não constitui um problema. Com os Pugs, a situação é um pouco mais complicada, uma vez que quase não têm focinho! Para aqueles que têm um focinho ligeiramente mais comprido, o Canny Collar resulta, mas em caso de dúvida, o melhor será investir num arnês de segurança. 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Posso ensinar o meu cão a passear com uma coleira e trela convencionais?

O Canny Collar pode, de facto, ser usado para treinar o cão a passear com uma coleira e trela normais, se o pretender. Para o conseguir, tente passear o seu cão com o Canny Collar colocando a faixa corrediça sobre o seu focinho durante um período de duas semanas. Em seguida, leve-o a passear uma vez durante cinco minutos com a faixa corrediça sobre o focinho e retire-a, puxando para fora a faixa corrediça em excesso, atrás do pescoço, transformando assim a coleira num conjunto de coleira e trela convencional, durante mais cinco minutos.

Se começar a caminhar corretamente, significa que o seu treino está a ser bem-sucedido. Pode então alternar entre as duas adaptações, desabituando-o gradualmente da faixa corrediça sobre o focinho. Se não responder de forma satisfatória, significa que necessita de um período mais longo com a faixa corrediça colocada constantemente no focinho até poder tentar novamente o método de passeio "alternado".
 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Posso passear dois cães de uma vez usando o Canny Collar?

Para dois cães, recomendamos que passeie os dois do mesmo lado para que seja mais fácil controlá-los com o Canny Collar. Se utilizar uma trela de comprimento standard (entre 1,20m e 1,80m) e passear os cães do lado esquerdo, significa que deve segurar a pega da trela com a mão direita e a parte mais próxima da mola na esquerda. O cão do lado exterior terá um pouco mais de trela do que o cão do lado interior, no entanto ambos têm de ser mantidos com trela curta, mas solta, isto é com folga suficiente para que, quando um puxa, fique a sentir a pressão da coleira a apertar.

Com as trelas nesta posição, apenas o cão que começou a puxar irá sentir uma pressão, permitindo assim ao segundo cão, se não tiver puxado, desfrutar do seu passeio com trela solta e sem sentir qualquer pressão.
 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O que acontece se o meu cão tiver problemas vertebrais no pescoço?

Se o seu cão tiver problemas vertebrais no pescoço, recomendamos não utilizar qualquer tipo de dispositivo de treino que se coloque à volta da cabeça do cão. Existem muitos arneses no mercado mais adequados para o seu cão. 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O meu cão continua a puxar pela trela! O que devo fazer?

Quando utiliza o Canny Collar, é importante que o seu cão perceba que, em dada altura durante o passeio, a coleira ficará desapertada e se persistir em puxar, isto poderá não acontecer. Aconselhamos-lhe que deixe correr a trela quando o passeia e que o deixe caminhar um pouco à sua frente e, em seguida, enquanto continua a vigiá-lo, volte-se rapidamente e comece a andar no sentido completamente oposto, tendo o cuidado de não dar um puxão na cabeça do cão ao virar-se. Esta operação colocá-lo-á imediatamente atrás de si e dar-lhe-á alguma distância até ele tentar passar por si novamente e começar a puxar. Assim que passar por si, volte a virar-se imediatamente e repita o processo, continuando a virar-se quando o cão passa por si. Este deverá começar a olhar para si e tentar antecipar quando irá virar-se para se manter à frente, mas o melhor local para o observar fica mesmo por trás da sua perna. E este é o lugar onde gostaria que ele caminhasse durante o passeio.

Se tiver um cão que puxa insistentemente, o melhor será não tentar controlá-lo imediatamente com a coleira, mas sim tentar habituá-lo a usá-la e elogiá-lo bastante quando começa a caminhar sem tentar retirá-la e quando fica atrás de si. O exercício descrito acima destina-se a eliminar o pior dos puxões iniciais mas só deve ser efetuado por períodos máximos de três ou quatro minutos, pois é um exercício física e mentalmente exigente para ambos.

Uma vez que começa a conseguir algum controlo/aceitação, tente usar a coleira para controlo, de acordo com as instruções para parar de puxar. Sem os puxões difíceis, iniciais e cansativos (para ambos!), deverá conseguir aplicar pressão quando puxa efetivamente e soltar quando pára. Geralmente, os cães só passeiam corretamente se a sua trela/coleira estiver alargada e precisam de saber que irá alargar-se em dada altura. Assim que sentir a coleira desapertar-se, aperceber-se-á de que, ao caminhar nessa posição, fica mais confortável e a guia de plástico amarelo deve ficar debaixo do focinho, numa posição correta e descontraída.
 

by Sean McElherron

£17.49
Quantidade: